Os Livros Devem Aumentar de Preço no Brasil





Miriam Leitão dedicou seu último programa no GloboNews ao mercado editorial brasileiro. 


Diretamente da Bienal do Livro Rio, a jornalista e escritora entrevistou a presidente da comissão organizadora do evento Sônia Jardim.

Foi destaque na entrevista com Sônia Jardim a informação de que os livros, em breve, devem aumentar de preço no Brasil, cessando uma tendência de queda de preços desde 2004. 

A alta do dólar gerou um incremento nos custos do livro, considerando que a celulose, como commodity, tem seu preço atrelado à cotação do dólar. Somando-se a isso, houve um expressivo aumento dos royalties pagos em moeda americana aos autores estrangeiros. 

Para assistir ao programa na íntegra, click aqui.

José Almeida Júnior

10 comentários

  1. Isso é uma pena, o valor do livro no Brasil já é relativamente elevado, mas agora que vai ficar mais caro ainda mais pessoas ficarão sem acesso a eles...
    Gostei do seu blog e já estou seguindo.
    Abraços.

    http://divisaoliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ah naaaao! O preço dos livros no Brasil já são lá em cima, como aumentar? Os leitores sofrem mesmo viu? Sem contar que dificulta o acesso ás pessoas que não tem tanta condição.

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Acabou com a minha vida. Obrigada

    ResponderExcluir
  4. É triste uma notícia como esta, infelizmente muitas pessoas no Brasil não tem condições de comprar livros, em suas cidades não há bibliotecas do governo e isso acaba dificultando a vida de pessoas que poderiam ser possíveis leitores.

    Seguindo já
    charlesletrando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Isso é lamentável. O Brasil já trabalha com livros em preços elevados se comparados a outros países e já estamos há muito tempo numa corrida árdua para o incentivo à leitura neste país. É louvável que tenham surgido tantas edições econômicas, nas mais variadas versões e pontos de venda, contudo, ainda não é a solução mais adequada e duradoura. Alinhado ao aumento de preços dos livros, prevejo o aumento de ebooks, pagos e pirateados pela rede. O que sinceramente, não critico nem um pouco. O mercado literário estava indo bem ao reduzir os preços...Agora é nadar e morrer na praia?

    ResponderExcluir
  6. Isso é um absurdo!!
    E ainda falam que brasileiro é burro,não tem hábito de leitura..Mas como é que vamos ler igual a americanos e europeus,se um livro aqui custa o dobro o triplo de um livro lá..
    Cadê que o governo não dá um bolsa cultura para os estudantes,não incentiva a leitura,não aumentam o custo de um livro que já não é muito barato..
    Ótimo assim vamos andar muito bem!!Decepção total..

    ResponderExcluir
  7. Isso é o meu maior pesadelo! Porra, por que justo os livros? E ainda perguntam o por que da maioria da população não gostar de ler ou ter "preguiça". Cara, os livros já são caros e ainda querem aumentar o preço? Ah vão pra puta que pariu! Se o governo desse desconto de livros para estudantes como dão para os professores, aí talvez fosse mais razoável, mas não, eles não querem que o povo brasileiro tenha cultura e inteligência o suficiente, para que aceitem qualquer furada que eles propõem nas eleições, e como fazem isso? Fodendo com a vida dos leitores.

    ResponderExcluir
  8. Era uma vez uma leitora pobre que de vez em quando comprava alguns livros. Era. ;(

    ResponderExcluir
  9. Recicla papel, oras! Já é um roubo o preço do livro no Brasil, se aumentar vai ser o fim da minha vida.

    ResponderExcluir
  10. As pessoas deveriam aderir mais a bibliotecas e sebos, mas livro é igual roupa, se for usado deixa de ser melhor que o do outro.

    ResponderExcluir