Revista Forbes Faz Piada da "Black Fraude" Brasileira




A Forbes publicou um artigo fazendo piada do Black Friday tupiniquim. Para a revista americana, a tradição importada dos Estados Unidos para cá é uma oportunidade de lojistas aplicarem certos golpes em compradores compulsivos, felizes por participarem de uma tradição americana que “é tão estranha para eles como a lua".



Para o artigo, se nos EUA a Black Friday é conhecida como o dia dos descontos, no Brasil ela virá a ser conhecida como "o dia da fraude". Segundo a Forbes, se nos Estados Unidos os consumidores são mais conscientes quanto aos seus direitos - e às vezes tendem até a abusar deles - no Brasil, isso não acontece. "O Brasil não é uma sociedade litigiosa. Você é atropelado, sorri e aguenta".

O evento se iniciará na madrugada desta quinta-feira e já surgiram inúmeras denúncias de empresa que aumentaram o preço para conceder descontos maiores. As ofertas são oferecidas pela “metade do dobro”.

Alguns sites desenvolveram mecanismos para descobrir as ofertas “Black Fraudes”. O comparador de preços Zoom colocou no ar uma ferramenta, em que o consumidor pode consultar a evolução de preço dos produtos nos últimos dias. O site Reclame Aqui criou uma página só para receber reclamações do evento.


Em post publicado no dia 26 de novembro no Blog Almeida em Prosa, disse que esperava que Black Friday 2013 apagasse a mancha da edição de 2012 e proporcionasse aos consumidores uma oportunidade de grandes descontos reais para comprar livros, eletrônicos e outros artigos. Enganei-me. Não espero mais. O evento nem começou e já demonstrou que será mais uma edição da “Black Fraude”.

Nenhum comentário

Postar um comentário