Cresce o Número de Leitores no Brasil

Pesquisa do Ibope revela que o número de leitores no Brasil aumentou para 56% da população. No levantamento de 2011, eles eram 50%. Embora a base de consumidores de livros tenha crescido, a média de leitura por ano ainda é baixa. O brasileiro lê 4,96 livros por ano, desses apenas 2,43 foram terminados. O índice da pesquisa anterior era de 4 livros por ano.

O Ibope considera como leitor aqueles que leram ao menos um livro, ainda que parcialmente, nos últimos três meses. Não é tido como leitor os brasileiros que declararam não ter lido um livro nos últimos três meses, ainda que tenham lido algum livro nos meses anteriores.

Os números para o mercado livreiro não são bons. 74% dos entrevistados não comprou nenhum livro nos últimos três meses e 30% nunca comprou um livro.

O público que mais lê é o feminino. Elas representam 59% dos leitores. Na faixa etária de 18 e 24 anos, conhecida como jovem adulto, 67% dos entrevistados se declararam leitores. Na pesquisa anterior, eram 53%.

Os entrevistados indicaram as razões por que não leram nos últimos três meses: 32% alegam falta de tempo; 28% não gostam de ler; 13% não têm paciência; 10% preferem outras atividades; 9% têm dificuldades para ler; 4% sentem-se muito cansados para ler; 2% dizem não há bibliotecas por perto; 2% acham o preço de livro caro; 2% não têm dinheiro para comprar; 1% não têm local onde comprar onde mora; 1% não têm um lugar apropriado para ler; 1% não têm acesso permanente à internet; 20% não sabem ler; 1% não sabem/não responderam.


O grande desafio, além de alfabetizar os que não sabem ler, é fazer com que crianças, adolescentes e jovens adultos levem o hábito da leitura para a fase adulta.

Nenhum comentário

Postar um comentário